sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Pode o crente ir à praia?


Por Ronaldo Alves


Eis que venho como ladrão; bem-aventurado aquele que vigia e que guarda as suas vestes, para que não ande nu, e vejam a sua vergonha. Apocalipse 16: 15

Se você fizer esta pergunta a 10 cristãos, 9 dirão que não há nenhum problema em um cristão ir à praia, apenas 1, (gostaria de estar errado nesta estatística) responderá que não é permitido um crente frequentar tal lugar.

Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; os quais põem trevas por luz e luz por trevas, e mudam o amargo em doce e o doce em amargo! Isaías 5: 20


Tornou-se um assunto superado entre os cristãos. No passado era muito discutido pela igreja da época, até pelos conceitos de outrora, onde a moralidade era prezada por tais. Uma pessoa que frequentasse a praia era tida como mundana. Nos dias atuais tornou-se comum esta freqüência.

É normal ver-mos nas igrejas, pessoas que visivelmente são denunciadas pela sua cor bronzeada. Vemos irmãos, irmãs desfilando sua pele queimada, desfilando sua “vaidade carnal”.

O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. João 3: 6

A palavra de Deus nos faz severas advertências a respeito da apostasia, crentes que estavam afastando-se do evangelho, por estarem praticando as mesmas coisas que faziam anterior a sua conversão.

Em muitos casos vemos variadas desculpas para seus atos:

- “Se portarmos decentemente não há nenhum problema”.

A palavra de Deus afirma que: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer? Jeremias 17: 9

Você pode se portar decentemente, mas os frequentadores não têm essa preocupação, suas vestimentas de banho são minúsculas e você vai ser condicionado a olhar.

Poderia adicionar várias desculpas de quem frequenta praia, mas vou me deter a esta.

O ambiente de praia não condiz com a realidade de um servo de Deus, santo, separado do mundo.

Pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo. II Pedro 1: 4

Imagine os Apóstolos num domingo de sol na praia de Copacabana pegando sol, com tudo tipo de imoralidade ao seu redor? Você consegue visualizar esta cena? Será que eles aprovariam tal prática?

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas. I Coríntios 6: 12

O mundo jaz no maligno, estamos no mundo, mas não devemos praticar suas obras. As pessoas frequentadoras de praia não se diferem uma da outra no quesito nudez.

Porque tudo o que há no mundo, a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a vaidade da vida, não vêm do Pai, mas sim do mundo. I João 2: 16

Quais são os ingredientes de um ambiente de praia?

Nudez, sensualidade, lascívia, prostituição, cobiça, traição, adultério, topless, sexo na água e na areia.

Não reine, pois, o pecado no vosso corpo mortal para obedecerdes às suas concupiscências, Romanos 6: 12

Pergunto-te é um ambiente para você? É um lugar apropriado para pessoas separadas por Deus, resgatadas no sangue de Jesus?

Como filhos obedientes, não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância; I Pedro 1: 14

Temos que fugir das paixões carnais, para que possamos viver em novidade de vida.

O machado já está posto à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não dá bom fruto, é cortada e lançada no fogo. Mateus 3: 10

Você pode até dar frutos, mas se seus frutos não forem bons prá nada aproveita.

Assim toda a árvore boa dá bons frutos, porém a árvore má dá maus frutos.
Uma árvore boa não pode dar maus frutos, nem uma árvore má dar bons frutos. Logo pelos seus frutos os conhecereis. Mateus 7: 17, 18, 20

Nosso corpo é templo do Espírito Santo, sendo morada d’Ele você não deveria profaná-lo.

Jesus está voltando para buscar sua igreja, uma igreja pura, imaculada, preparada para encontrar com seu noivo. A tola será pega de surpresa!

Largue essas práticas mundanas que afasta o homem de Deus. Satanás inseriu estes hábitos no meio da igreja para amorná-la, pois sabe que seu dia está perto e tem urgência para levar a sua alma para o inferno. Vigiemos na esperança de encontramos com o noivo.

Assim porque tu és morno, e nem és frio nem quente, estou para te vomitar da minha boca. Apocalipse 3: 16

Aqueles que não defendem esta prática são tidos como antiquado, ultrapassado; afirmam que os tempos mudaram, e que é preciso a igreja seguir o curso do tempo. 

Lembra-te, pois, donde caíste, arrepende-te e pratica as primeiras obras; de outra forma, venho a ti, e removerei o teu candeeiro do seu lugar, se não te arrependeres. Apocalipse 2: 5 

Hoje não se prega nas igrejas sobre o tema, para não desagradar a maioria (pastores que muitas vezes praticam de igual modo) no temor de perderem sua membresia; sem compromisso com a sã doutrina.

Pois procuro eu agora o favor dos homens ou de Deus? Ou busco agradar aos homens? Se ainda buscasse agradar aos homens, não seria servo de Cristo. Gálatas 1: 10


Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve. Malaquias 3: 18


Deus na sua infinita bondade mova os nossos corações a voltar ao primeiro amor.

A Paz do Senhor Jesus!

8 comentários :

  1. Também creio que nem o ambiente praiano ou nem piscina, não são convenientes aos que querem honrar a Deus e fazer a Sua vontade. Nosso corpo não foi criado para ser exposto dessa maneira. Deus requer de nós decência no vestir, o biquíni, o maiô e a sunga não têm essa característica. São peças de roupa que mostram o corpo de tal forma que despertam desejos sexuais, etc. É uma incoerência trajar esse tipo de roupa e fazer a vontade de Deus.

    Talvez a motivação de algumas pessoas seja apenas se refrescar, mas ainda assim expõem seus corpos e isso não está de acordo com o propósito de Deus para a criatura humana.

    ResponderExcluir
  2. (parte 3/3)

    Quanto às demais citações bíblicas do artigo, se você observar bem, atuam como uma espécie de espada de dois gumes: podem ser aplicadas tanto como admoestação – como você imagina estar aplicando-as – ou pode ser uma terrível corrigenda a si próprio! Não pretendo absolutamente com esta colocação ratificar ou sugerir um ou outro caso. Como disse, é o Senhor quem sonda os corações. Ele é quem vê! Ele é quem sabe!

    Em assuntos correlatos, já ouvi várias vezes menção de ser eu um defensor da “porta larga”. Curiosamente, tais protestos se deram invariavelmente por “santarrões”, pessoas que – imersas em condições degradantes antes de suas conversões, tais como alcoolismo, prostituição, homossexualismo, roubos – desconheciam a serenidade e solidez de postura daqueles que viveram uma vida secular sem excessos e cuja conversão foi uma consequência natural, onde o agir dentro de preceitos de moral e civilidade cristãos já vigoravam, passando a acrescentar o conhecimento do Único Salvador e, consequentemente, a alegria da salvação!

    Tais “santarrões”, com base em suas vidas pregressas, apresentavam assim uma aversão quase histérica a tais pecados, não pela rejeição sincera aos mesmos, mas porque no íntimo reconheciam que os mesmos ainda os seduziam, recorrendo desta forma - como uma estratégia aflita e desesperada – a criarem um clima de auto-obrigação automática a se manterem distante daqueles pecados que no fundo seus corações ainda reverenciavam...

    A Porta Estreita à qual o Senhor se refere na bíblia é Ele mesmo! Não há ordenanças acerca do que fazer e do que não fazer. O crente compromissado naturalmente aplica o discernimento. Como você mesmo bem colocou citando I Coríntios 6: 12

    No artigo você se refere aos cristãos generalizando-os como um grupo de pessoas suscetíveis à degeneração contida em cada nuance corrompida deste planeta. Parte do princípio que todos são ovelhas titubeantes, que se não estiverem sob o cajado de um pastor, fatalmente se lançarão à perdição!

    Bem, não sei com quais “cristãos” você tem-se relacionado para sintetizar de forma tão peremptória esta visão. Mas como contribuição, informo que existem sim - e eu mesmo me relaciono com muitos - cristãos cujo verdadeiro e único Pastor no céu basta para conduzi-los pelos caminhos de vida plena e abundante, sem o terror que muitos “líderes” ou dirigentes impõem acerca do que é e do que não é adequado ao cristão. Geralmente, os mesmos que assim fazem promovem em seus “templos” atitudes de inconsciência e confusão que desonram a Deus e absurdamente anunciam como sendo “mover do espírito”!!!...

    Pretender suprimir da vida do cristão o prazer e alegria em viver na certeza da salvação, impondo-lhe terror e sacrifícios complementares àquele já realizado pelo Senhor Jesus, é promover a mesma atitude do fazendeiro que para suprimir os carrapatos, matou a vaca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é simples ..se o crente que esta regenerado pelo espirito santo com certeza vai sentir que o espirito que atua nele é contrario ao espirito que atua neste mundo logo, praia não é para cristãos realmente regenerados.. .porque a luz não se da com as trevas.

      Excluir
    2. Eu postei este comentário em três partes, em decorrência de ter ficado muito longo...
      Ao publicar apenas a última parte, o moderador truncou o sentido do que eu expus.
      A primeira e a segunda parte davam o sentido global do texto, sem as quais a terceira parte publicada perdeu o nexo.
      Algum motivo específico pelo qual não foram publicadas os textos 1/3 e 2/3?

      Excluir
  3. Como são raros os estudos com este teor na internet e principalmente nas igrejas. Parabens aos idealizadores desse estudo. Que Deus continue usando. PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  4. Estou muito feliz de ver esse estudo, pois estava pedindo uma resposta a Deus, porque fiquei meio chateado, porque meus filhos pediram para ir a praia, e eu como ja fazia um bom tempo, eu fiz a vontade deles. Mas ao chegar na igreja, me senti mal,mas não por ter ido a praia levar meus filhos para passear, mas pelos olhares dos irmão, que acusaram não com o falar, mas com o olhar. Minha esposa ficou seper chateada eu também, mas pedi a Deus para me orientar, e comecei a pesquisar e encontrei esse estudo,que realmente abriu meus olhos. Estava mal mas agora o senhor falou contigo. Que Deus continue usando vocês para fazer esse obra de despertamento espiritual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver isso virar tema na igreja. Tambem nao entra em minha cabeça um cristão frequentar a praia.
      Um cristão verdadeiro pede discernimento do Espírito Santo, que nao o lança em rosto, e o concede. E testifica no seu coração( do cristãos) o deve e o que não deve ser feito.

      Excluir
  5. Será que o pecado está no local que frequento ou está na minha natureza?
    Não devo ir à praia mas devo assistir o desfile de carnaval na TV, ou qualquer tipo de programação que contenha conteúdo imoral ou de violência ou que vá contra os princípios da família?
    Ou quando me deparo com uma moça bonita e formosa e dou aquela conferida.... é menos pecado que ir à praia?
    Ok, digamos que não olhei, mas na minha mente desejei.....
    O pecado não está nos locais que frequentamos e sim em nós mesmos, não podemos viver na hipocrisia do "não pode" se quando "ninguém está vendo" faço minha vontade esquecendo de quem é SENHOR da minha vida.
    Será que o ostentar um cargo na igreja não é pecado tbm???
    Será que esse conflito de denominações não é pecado tbm?
    Devemos parar de ser crentes e nos tornarmos Cristãos, parar de nós preocupar em agradar a homens e suas doutrinas humanas e sempre agradar a DEUS por meio da sua palavra.

    ResponderExcluir

Bem-vindo ao OS REMIDOS NO SENHOR: Um blog para quem não é manipulado!

Os artigos são livre expressão do seus autores, muitos só postamos a título de informação para conhecimento e não refletem necessariamente as posições adotadas pelo OS REMIDOS NO SENHOR. Nosso propósito, no entanto, é contribuir e incentivar a livre reflexão do nosso público alvo: pastores, líderes, e cristãos em geral que exercem seu papel no Reino de Deus.

Comente, questione, critique, aconselhe, tire dúvidas.

Esclarecemos que, como um site evangélico, não somos neutros em relação às questões aqui levantadas. Portanto, reservamo-nos o direito de bloquear ou excluir comentários segundo critérios próprios. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos e misteriosos das escrituras sagradas.

Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Se você não é um desses, esqueça este meu comentário porque a mensagem não é para você,



Whos

Você Pode Gostar Também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.w0HvNCS1.dpuf